RE-HSE-Pr

Roteiro de Entrevista de Habilidades Sociais Educativas de Professores

Alessandra T. Bolsoni-Silva; Sonia R. Loureiro; Edna Maria Marturano
Ocultar subprodutos

Material restrito à psicólogos

 

Descrição

As relações de interação social entre professores e alunos podem tanto proporcionar uma boa competência social das crianças quanto favorecer o surgimento ou a manutenção de problemas de comportamento.

Pensando em tal problemática, o Roteiro de Entrevista de Habilidades Sociais Educativas de Professores (RE-HSE-Pr) tem o objetivo de avaliar tais interações ofertando ao profissional arsenal para lidar com os docentes da fase pré-escolar e escolar.

 

Público-Alvo

O instrumento é destinado a avaliar a relação de professor-aluno em crianças em idade pré-escolar (1 a 6 anos de idade) e escolar (de 5 a 12 anos) e deve ser respondido
por seus professores, tornando possível o levantamento de indicadores quanto a comportamentos problemas, habilidades sociais e práticas educativas do professor.

 

Contexto

Recomenda-se a sua utilização por profissionais psicólogos em contextos de avaliação, de triagem e/ou de intervenção, no ambiente escolar e de psicologia do desenvolvimento

 

Aplicação

Por se tratar de uma entrevista clínica, sua aplicação deve ser feita de forma individual.

O tempo de aplicação estimado é de cerca de uma hora, porém, varia de acordo com as respostas do professor.

Para a aplicação é necessário ter em mãos o caderno de respostas, caneta e gravador, para registrar toda a entrevista.

 

Normatização

Participaram do estudo 283 crianças (166 meninos e 117 meninas) e seus professores (141 mulheres e oito homens2). Apenas 12 desses professores tinham menos de dois anos de experiência, variando de 1 a 30 anos (média = 13,52; DP = 8,193).

 

Artigos Relacionados

 

Validação do Roteiro de Entrevista de Práticas Educativas para Professores (RE-HSE-Pr)

Link: https://mla.bs/370da45c

 

Contexto Escolar: práticas educativas do professor, comportamento e habilidades sociais infantis

Link: https://mla.bs/2fcc6881 

 

 

Autoras

 

Alessandra T. Bolsoni-Silva

Psicóloga pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre em Educação Especial pela Universidade de São Carlos (2000) e doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (2003). Possui Pós-Doutorado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (2009) e é livre-docente (Adjunto 3) em Psicologia Clínica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp-Bauru). Atualmente, é Professora Adjunta em Psicologia Clínica da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Bauru), lecionando no curso de Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem. 

 

Sonia Regina Loureiro

Graduação em Psicologia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto. Mestrado em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo e Doutorado em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo. Docente da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (FMRP- USP). Membro do GT da ANPEPP - Relações Interpessoais e Habilidades Sociais. Membro da Comissão Editorial da Revista Paidéia (FFCLRP-USP, Qualis CAPES - A1). Desenvolve pesquisas na área de tratamento e prevenção psicológica sobre os seguintes temas: saúde mental, ansiedade social, avaliação psicológica, crianças e comportamento.

 

Edna Maria Marturano

Psicóloga formada pela Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Mestre em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo (1971) e doutora em Ciências (Psicologia) pela Universidade de São Paulo (1973). Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. É orientadora credenciada no programa de pós-graduação em Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto / USP.