R.O.

Conhecendo as profissões com a Técnica R.O.

Marli Etelli Coelho
Ocultar subprodutos

 

Material não restrito à psicólogos

 

Descrição

A Técnica de R.O foi desenvolvida em 1965 por Nora Sturm, e resultou na criação desta intervenção, que ao longo dos anos passou por novas edições, sempre com o objetivo de adequar-se às diferentes realidades e atualizações do contexto profissional. Trata-se de um método clássico entre as técnicas informativas de Orientação Vocacional, que além de oferecer importantes orientações sobre as diversas profissões, viabiliza uma escuta ativa por meio de associações, possibilitando a transmissão de informações entre orientador e orientando, durante o processo de orientação ocupacional. 

Principais vantagens:
• Há informações detalhadas sobre os Processos Seletivos das principais universidades e escola técnica;


• O manual possui um capítulo, no qual há as Diferenciações entre Ocupações/Cursos, tendo como objetivo esclarecer dúvidas habituais dos orientandos/vestibulandos;

• Nesta 4° edição, há a sessão ‘Fique Ligado’, que traz novos cursos e as universidades que os oferecem, bem como curiosidades e tendências profissionais;

 

A Técnica R.O. possibilita-nos corrigir as imagens distorcidas que o adolescente pode apresentar sobre o mundo adulto ocupacional (carreira, ocupação, áreas de trabalho, demanda profissional, mercado de trabalho e outros aspectos). 

 

Público-Alvo

Destinado à indivíduos estudantes do ensino médio. 

Pode ser utilizado por diversos profissionais, incluindo os que trabalham com orientação vocacional e também professores que lecionam para o Ensino Médio, ao qual esta intervenção pode ser utilizada como material de apoio.

 

Contexto

Orientação Vocacional/Profissional

 

Aplicação 

Individualmente e Coletivamente, com tempo estimado em 120 minutos. 

O material de aplicação é composto de um manual e cinco conjuntos coloridos de cartões, de acordo com a possível futura trajetória do Orientando no Sistema Educacional Brasileiro: Ensino Superior, Ensino Tecnológico Superior; Bacharelados Interdisciplinares (BIs), Educação Profissional Técnica e Carreiras Militares.

Cada nível educacional está representado em um conjunto contendo cartões com o nome das profissões ou ocupações na sua frente e um sumário (breve descrição do curso/profissão/ocupação) no seu verso.

 

 

 

Artigos Relacionados

 

A orientação profissional como instrumento reabilitador de pacientes portadores de doenças crônicas e deficiências adquiridas

Link: https://mla.bs/bd405768

 

O desafio da escolha profissional

Link: https://mla.bs/a42e6b38

 

Autora 

 

Marli Etelli Coelho

Psicóloga (1977) e Orientadora Profissional

Atuando em consultório desde 1984, desenvolvendo Psicodiagnóstico, Psicoterapia Infantil (Ludoterapia), de Adolescente, de Adulto, de Casal e Familiar, Orientação aos Pais e Orientação Profissional/Vocacional. Voluntária da Colmeia (Instituição a Serviço da Juventude). Co-autora do guia “Educação Profissional, uma possível trajetória” junto com a Equipe da Colmeia, 2007. Participante na edição do livro “Arquitetura de uma Ocupação”, da série Orientação Profissional: teoria e técnica, volume I, Vetor, 2003, capítulo 18, p.255-259.

Elaboração do kit “Conhecendo as Profissões com a Técnica R.O.”, editado pelo Hogrefe CETEPP, em 2001 e em 2019, em sua 4ª edição.